Japão

A política energética e climática do Japão sofreu uma grande transformação desde o Grande Terremoto de 2011 e o encerramento das centrais nucleares após o acidente de Fukushima. Foi introduzido um conjunto de medidas para promover o desenvolvimento das energias renováveis no cabaz energético, com uma meta de 22-24% até 2030. Estas medidas resultaram num rápido crescimento da energia solar fotovoltaica (34 GW a operar em 2015 no total e outros 68 GW registados). No entanto, o país ainda enfrenta vários desafios que podem limitar o desenvolvimento de energias renováveis e comprometer o compromisso climático do Japão.

Neste contexto, a Agora Energiewende iniciou em 2016 uma parceria com o Japanese Renewable Energy Institute (a antiga Japanese Renewable Energy Foundation, JREF), com o objetivo de transferir conhecimentos e aprofundar o intercâmbio de informações sobre a transição energética em curso na Alemanha e no Japão. Além disso, Patrick Graichen é membro do Conselho Alemão-Japonês de Transição Energética (GJTEC), uma plataforma de pesquisa e diálogo de alto nível que reúne especialistas alemães e japoneses em energia.

Gestão de Projectos

Mantenha-se em contacto - subscreva a nossa Newsletter!

]>